domingo, 26 de abril de 2009

O massacre da serra elétrica

Domingo, 7 :10 da manhã. Friozinho típico de outono.
Folga depois de duas semanas.
Dia em que você acorda cedo, dá uma olhada no relógio e pensa:
- Preferia tomar um soco na boca do que me levantar agora!
Vira pro lado e volta a roncar.
Até que uma serra elétrica começa a funcionar na vizinhança.
Potente, motor envenenado. Deve ser 2.0 com injeção eletrônica.
A primeira reação é negar o problema, achar que está sonhando.
Mais alguns minutos e começa a pensar em hipóteses :
- O zelador do prédio enlouqueceu e está aparando a grama agora?
- Tem um motoboy fazendo zerinho embaixo da minha janela?
Mais um pouquinho de espera. Amaldiçôo a existência do "piloto" da serra elétrica e de toda a família dele.
Mais um pouquinho de espera. Não entendo como ninguém se incomoda. A irritação aumenta por me achar tão pouco desenvolvido emocionalmente a ponto de me irritar tanto.
Me levanto derrotado.
Abro a janela e vejo um cidadão com boné, uma camiseta amarrada no rosto, cortando o mato de um terreno baldio. Deve achar que está em um canavial na região de Piracicaba, mas não. Está na zona sul da capital.
Munido de uma dose de raiva absolutamente desconselhável para esta hora da manhã grito, mostro o pulso para chamar atenção para o horário e ameaço chamar a polícia.
O rapaz faz sinal para esperar. Chama um colega, eles conversam e fazem sinal de positivo.
Pararam! Foi fácil. Volto pra cama me sentido um pouco mais poderoso.
Mas e se eles não parassem? Chamaria mesmo a polícia? Pra isso?
Como é que São Paulo não possui um atendimento imediato para reclamações contra barulho.
Se eu ligasse para o PSIU iam abrir um chamado.
Completamente sonado, teria que procurar caneta e papel para anotar o protocolo.
E me dariam 30 dias para verificar a ocorrência.
Deixa pra lá. Melhor levantar. Já são 7:50.
Bom dia!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

As aparências enganam

Um é o maior artilheiro da história das Copas, foi eleito 3 vezes o melhor jogador do mundo, é milionário e tem um dos rostos mais conhecidos do mundo ao lado do Papa e do presidente dos EUA. A outra é uma paupérrima desempregada escocesa de 47 anos que tem dificuldades de aprendizagem por falta de oxigenação no cérebro durante o nascimento, jamais teve um namorado e passou a vida cuidando da mãe doente. Um abismo separa as realidades de Ronaldo e Susan Boyle. A pressa em julgar e ridicularizar alguém aproxima Ronaldo de Susan Boyle. O pique do Fenômeno no segundo gol do Corinthians contra o São Paulo deixou para trás, além do zagueiro Rodrigo, qualquer dúvida sobre seu poder de superação. Dúvida que pairava com maior intensidade sobre a cabeça de um dirigente do São Paulo que dias antes da decisão chamou Ronaldo de "ex-jogador". Susan Boyle se apresentou em um programa que revela cantores e cantoras na tevê da Inglaterra. Foi menosprezada por jurados e platéia que riram de suas respostas titubeantes. Aos primeiros acordes da música " I dreamed a dream" havia gente chorando embasbacada com o talento da moça. A apresentação, elogiada de forma unânime por críticos ao redor do mundo, já foi vista incríveis 100 milhões de vezes na internet. Os joelhos e a cintura larga de Ronaldo, a voz e a feiura de Susan Boyle mostram o risco do preconceito, do pré-julgamento e da intolerância com o diferente .

quinta-feira, 16 de abril de 2009

O vereador Wadih Mutran, PP, quer instalar uma academia de ginástica para vereadores e funcionários dentro da Câmara Municipal de São Paulo.
Afinal de contas, saúde é o que interessa. Torço pra que dê certo.
Assim, seríamos a primeira cidade do mundo onde os vereadores são de ferro, com bíceps bem trabalhados, barrigas definidas, pulmão oxigenado, coração blindado.
Não haveria mais um braço pelancudo no plenário.
A Califórnia de Arnold Scharwzenegger terá inveja de nós!
Wadih Mutran é o responsável pela Corregedoria da Câmara.
Repousam sobre a mesa dele denúncias contra os vereadores Kamia, José Police Neto e Noemi Nonato. Para absolver ou acusá-los, precisa analisar os processos.
Wadih Mutran tem base eleitoral na Vila Maria, zona norte, região repleta de problemas que deveriam absorver a atenção dele.
No entanto, o vereador sai com uma dessas em um momento em que o país se revolta contra abusos do Legislativo como distribuição de passagens aéreas com dinheiro público, castelo em Minas Gerais, utilização irregular de apartamento funcional, etc. Wadih Mutran foi, no mínimo, completamente insensível.
Ou então, não dá a mínima para o que pensa quem paga imposto e espera que os vereadores trabalhem por uma cidade melhor.
Uma comissão da Câmara rejeitou a instalação da academia, mas o projeto pode voltar a ser debatido.
Que os eleitores fiquem de olho e aproveitem o assunto para malhar as pernas.
Que os vereadores lembrem-se das eleições em 2012 e malhem bastante os glúteos.
O impacto pode ser forte!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Virada cultural

Foi anunciado hoje o cronograma de eventos da Virada Cultural 2009.
A edição deste ano será realizada no feriadão do Dia do Trabalho, entre os dias 2 e 3 de maio, com mais de 800 atrações em 24 horas.
O tema da festa será o ano da França no Brasil.
Esta será a 5ª edição da Virada Cultural.
Até hoje, a única ocorrência policial mais grave foi registrada durante um show dos Racionais, no centro da cidade. Fora isso, os eventos rolam sem grandes problemas. O clima em São Paulo fica diferente. Restaurantes e bares abertos o tempo todo, metrô em funcionamento por 24 horas, famílias circulando pelo centro em plena madrugada, bêbados pelas calçadas, monumentos iluminados, enfim, uma mistura pra lá de interessante, um momento em que paulistanos e turistas tomam efetivamente conta da cidade, do espaço público, assumem aquilo a que têm direito.
Na Estação da Luz haverá um palco com bandas que farão uma homenagem aos 20 anos da morte de Raul Seixas. Revolucionário do rock, foi autor de clássicos e discos fundamentais para a música brasileira. No entanto, ainda é visto por parte dos “especialistas” como artista menor, folclórico, como o louco que não dever ser levado a sério.
Agora, recebe uma justa homenagem da cidade que escolheu pra viver, a cidade mais rock n roll do país.

* O programa completo da Virada Cultural está no http://www.viradacultural.org/